Categorias
Saúde

Emagrececer a base do natural

Quais são esses emagrecedores que ajudam a perder peso? Vamos falar de 5 produtos que auxiliam a perder peso ou até manter o peso ideal. Esses não sao os únicos produtos que tem a função de ajudar a controlar as medidas. Desta vez, vamos falar cinco que por sinal estão na lista de melhores emagrecedores top do mercado, são eles:

  • Óleo de Linhaça;
  • Quitosana;
  • Espirulina;
  • Alcachofra e;
  • Óleo de Cártamo.

Como esses emagrecedores naturais ajudam a perder peso? Precisa de dieta?

Contendo vários benefícios para nossa saúde, os emagrecedores naturais aceleram o processo de perda de peso, além de promover outas melhores na nossa saúde. Conheça os detalhes de cada um deles. Vamos iniciar pelo Óleo de Linhaça, produto naturalmente rico, ele protege e conserva as gorduras boas do nosso organismo. Excelente para combater as inflamações, ajuda na eliminação das fezes e combate a prisão de ventre. Para os diabéticos, ele ajuda e melhora a ação da insulina, evitando os grande picos da fome.

Como esses emagrecedores naturais ajudam a perder peso? Precisa de dieta?

Contendo vários benefícios para nossa saúde, os emagrecedores naturais aceleram o processo de perda de peso, além de promover outas melhores na nossa saúde. Conheça os detalhes de cada um deles. Vamos iniciar pelo Óleo de Linhaça, produto naturalmente rico, ele protege e conserva as gorduras boas do nosso organismo. Excelente para combater as inflamações, ajuda na eliminação das fezes e combate a prisão de ventre. Para os diabéticos, ele ajuda e melhora a ação da insulina, evitando os grande picos da fome.

A maioria das pessoas já teve algum probleminha com a balança. Mas a própria obsessão com o corpo é um fator complicador para quem deseja estabilizar o peso e ter uma vida mais saudável. Estar constantemente em busca de um modelo ideal é um luta inglória que costuma gerar muita frustração, além de instabilidade física e emocional. Equilíbrio é a palavra de ouro para emagrecer com saúde.

Por isso, para que essa meta se torne um processo natural, é preciso olhar mais longe. O segredo, segundo a maioria dos especialistas de áreas distintas entrevistados nesta reportagem, é, antes de mais nada, se conhecer muito bem. Saber da sua história de vida, do funcionamento do seu corpo, das suas referências alimentares, dos seus objetivos pessoais. Estar em dia com a realidade do mundo e com a sua própria. Nada pode funcionar melhor do que um conjunto de hábitos e atitudes que se relacionem direta e especificamente com você.

Saiba como emagrecer com saúde

Seu sono, a comida que você escolhe colocar no prato, a rotina de treinos e a maneira como você lida com o estresse diário e com a sua busca pessoal por felicidade são aspectos determinantes não apenas para uma vida mais plena, mas também para a forma física que você tanto persegue. A seguir você vai encontrar as respostas para perguntas que todos nós já nos fizemos alguma vez e que podem até desfazer dilemas pessoais antigos. São caminhos muito mais democráticos, divididos em cinco pilares fundamentais, para você perder peso, entrar em forma e manter o corpo e a mente sãos de uma vez por todas!

Por que é tão difícil para a maioria das pessoas manter o peso depois de alcançarem uma marca? Quais são os erros mais comuns e como podemos evitá-los?

Muitas vezes o peso ideal de alguém não é, de fato, aquele que manteve por boa parte da vida. Geralmente, o chamado “ideal” está estabelecido apenas sob um estereótipo externo. Assim, as pessoas podem estar querendo manter um padrão que não é o delas. O peso é uma consequência. É preciso manter uma dieta equilibrada por um certo tempo e ver que peso é esse, que é estável sob as circunstâncias normais de vida. É essa a marca que a gente precisa perseguir. Noventa e nove por cento das pessoas correm atrás de um peso que não é da natureza delas. Temos que consumir alimentos nutritivos, de forma gradual e sistemática, sem expor o organismo a muito estresse e falta de comida. Comer bem e fazer exercício físico, só. Essa é a melhor forma de manter o corpo metabolicamente ativo.

Existem alimentos específicos que ajudam a manter aquilo que conquistamos e que deveríamos ter sempre na nossa dieta? Quais?

Uma dieta equilibrada tem uma proporção de vegetais, frutas, cereais e carnes. Como manter isso durante as questões do dia a dia, festas, viagens etc.? A discrepância entre os hábitos da rotina e aqueles extraordinários é que faz a gente sair da linha. Por que eu deveria comer três pratos de feijoada em vez de um? Por que deveria comer três pratos de salada só porque “é salada”? Alguns alimentos que fazem parte da dieta equilibrada, que compõem a cultura do indivíduo, precisam ser respeitados, assim como aqueles que fazem parte da vida afetiva da pessoa: não adianta prescrever uma dieta da sopa para alguém que tem referências negativas de sopa. O alimento desperta emoção e significado. Se é verdade que não posso compensar minha tristeza na comida, também é verdade que o alimento pode nos trazer alegria.

Como fazer isso?

Algumas formas de fazer isso estão a seguir:

Corte em carboidratos

A parte mais importante é reduzir os açúcares e amidos ou carboidratos.

Quando você faz isso, seus níveis de fome diminuem e você geralmente acaba consumindo significativamente menos calorias.

Em vez de queimar carboidratos para obter energia, seu corpo agora começa a queimar gordura armazenada para obter energia.

Outro benefício do corte de carboidratos é que ele reduz os níveis de insulina , fazendo com que os rins eliminem o excesso de sódio e água. Isso reduz o inchaço e o peso desnecessário da água.

De acordo com alguns nutricionistas, não é incomum perder 4,5 kg – às vezes mais – na primeira semana de alimentação dessa maneira. Essa perda de peso inclui gordura corporal e peso da água.

Um estudo em mulheres saudáveis ​​com obesidade relatou que uma dieta muito baixa em carboidratos era mais eficaz do que uma dieta com pouca gordura para perda de peso a curto prazo.

Pesquisas sugerem que uma dieta baixa em carboidratos pode reduzir o apetite, o que pode levar você a comer menos calorias sem pensar ou sentir fome.

Simplificando, a redução de carboidratos pode levar à perda de peso rápida e fácil .

Coma proteínas, gorduras e vegetais

Cada uma de suas refeições deve incluir uma fonte de proteína, fonte de gordura e vegetais com baixo teor de carboidratos.

Como regra geral, tente comer duas a três refeições por dia. Se você sentir fome à tarde, adicione uma quarta refeição.

Construir suas refeições dessa maneira deve reduzir a ingestão de carboidratos para cerca de 20 a 50 gramas por dia.

Para ver como você pode montar suas refeições, consulte este plano de refeições com baixo teor de carboidratos e a lista de 101 receitas saudáveis ​​de baixo carboidrato .

Proteína

Comer muita proteína é uma parte essencial deste plano.

As evidências sugerem que a ingestão de muita proteína pode aumentar o gasto calórico em 80 a 100 calorias por dia.

Dietas ricas em proteínas também podem reduzir os desejos e pensamentos obsessivos sobre comida em 60%, reduzir o desejo de comer lanche à noite pela metade e fazer você se sentir satisfeito. Em um estudo, pessoas com uma dieta mais rica em proteínas ingeriram 441 menos calorias por dia.

Quando se trata de perder peso, a proteína é um nutriente crucial para se pensar .

Fontes de proteína saudáveis ​​incluem:

  • Carne: carne, frango, porco e cordeiro
  • Peixes e frutos do mar: salmão, truta e camarão
  • Ovos: ovos inteiros com a gema
  • Proteínas de origem vegetal: feijão, legumes e soja

Vegetais com baixo teor de carboidratos

Não tenha medo de carregar seu prato com vegetais com baixo teor de carboidratos. Eles são embalados com nutrientes e você pode comer quantidades muito grandes sem exceder 20–50 carboidratos líquidos por dia.

Uma dieta baseada principalmente em fontes de proteínas e vegetais magros contém todas as fibras, vitaminas e minerais que você precisa para ser saudável.

Muitos vegetais têm baixo teor de carboidratos, incluindo:

  • brócolis
  • couve-flor
  • espinafre
  • tomates
  • couve
  • Couve de Bruxelas
  • repolho
  • acelga
  • alface
  • pepino

Veja uma lista completa de vegetais com baixo teor de carboidratos.

Gorduras saudáveis

Não tenha medo de comer gorduras. Tentar fazer baixo carboidrato e baixo teor de gordura ao mesmo tempo pode dificultar a adesão à dieta.

As fontes de gorduras saudáveis ​​incluem:

  • azeite
  • óleo de côco
  • óleo de abacate
  • manteiga

Levante pesos três vezes por semana

Você não precisa se exercitar para perder peso com esse plano, mas ele terá benefícios extras.

Ao levantar pesos, você queima muitas calorias e evita que seu metabolismo diminua, o que é um efeito colateral comum da perda de peso.

Estudos sobre dietas com pouco carboidrato mostram que você pode ganhar um pouco de músculo enquanto perde quantidades significativas de gordura corporal.

Tente ir à academia três a quatro vezes por semana para levantar pesos. Se você é novo na academia, peça conselhos a um treinador.

Se levantar pesos não é uma opção para você, fazer alguns exercícios cardio como caminhar, correr, correr, andar de bicicleta ou nadar será suficiente. Ambos cardio e levantamento de peso pode ajudar na perda de peso .

Tente fazer um “reabastecimento de carboidratos” uma vez por semana

Se você precisar, pode tirar um dia de folga por semana, onde comer mais carboidratos. Muitas pessoas optam por fazer isso no sábado.

É importante manter fontes saudáveis ​​de carboidratos, como aveia, arroz, quinoa, batata, batata doce e frutas. Se você precisar fazer uma refeição fraudulenta e comer algo prejudicial, faça-o neste dia.

Limite isso a um dia mais alto de carboidratos por semana. Se você não estiver reduzindo o número suficiente de carboidratos, poderá não ter perda de peso.

Você pode ganhar um pouco de peso da água durante o dia de reabastecimento e geralmente o perderá novamente nos próximos 1-2 dias.

E quanto às calorias e controle de porções?

Não é necessário contar calorias, desde que você mantenha sua ingestão de carboidratos muito baixa e atenha-se a proteínas, gorduras e vegetais com pouco carboidrato.

No entanto, se você quiser contá-los, poderá usar uma calculadora on-line gratuita como esta .

Digite seu sexo, peso, altura e níveis de atividade. A calculadora informará quantas calorias comer por dia para manter seu peso, perder peso ou perder peso rapidamente.

Você também pode baixar contadores de calorias gratuitos e fáceis de usar em sites e lojas de aplicativos. Aqui está uma lista de 5 contadores de calorias para experimentar.

Quão rápido você vai perder peso?

Você pode perder de 5 a 10 libras (2,3 a 4,5 kg) de peso – às vezes mais – na primeira semana do plano de dieta e depois perder peso de forma consistente depois disso.

Se você é novo na dieta, a perda de peso pode acontecer mais rapidamente. Quanto mais peso você tiver a perder, mais rápido você o perderá.

Nos primeiros dias, você pode se sentir um pouco estranho. Seu corpo está acostumado a consumir carboidratos e pode levar tempo para se acostumar com a queima de gordura.

Algumas pessoas experimentam a ” gripe cetóide ” ou “gripe com baixo teor de carboidratos”. Geralmente termina em alguns dias.

Após os primeiros dias, a maioria das pessoas relatou sentir-se muito bem, com ainda mais energia do que antes.

Além da perda de peso, a dieta baixa em carboidratos pode melhorar sua saúde de várias maneiras:

  • os níveis de açúcar no sangue tendem a diminuir significativamente em dietas com pouco carboidrato
  • triglicerídeos tendem a diminuir
  • O colesterol LDL (ruim) diminui
  • O colesterol HDL (bom) aumenta
  • a pressão arterial melhora significativamente
  • dietas com pouco carboidrato podem ser tão fáceis de seguir quanto dietas com pouca gordura

Produtos Naturais de Saúde (Fitoterápicos e Produtos Naturais)

Visão geral do tópico

O que são produtos naturais de saúde?

Os produtos naturais para a saúde são substâncias naturais que podem ser usadas para manter ou restaurar a saúde. Podem ser vitaminas, minerais, ervas ou outras plantas, aminoácidos (os blocos de construção individuais das proteínas) ou partes dessas substâncias. Eles podem vir de várias formas, como comprimidos, cápsulas, comprimidos ou líquidos. Eles complementam a dieta e não devem ser considerados substitutos dos alimentos.

Os produtos naturais para saúde estão amplamente disponíveis no Canadá em lojas de produtos naturais, mercearias, farmácias, na Internet e por correio. As pessoas geralmente as tomam por razões relacionadas à saúde. Os produtos naturais comuns para a saúde incluem vitaminas e minerais (como vitamina C ou multivitamínico), vegetais (ervas e produtos vegetais, como a erva de São João) e substâncias provenientes de uma fonte natural (como ácidos graxos ômega-3) .

Fabricantes de produtos naturais para a saúde não podem dizer legalmente que produtos naturais podem diagnosticar, curar, tratar ou prevenir doenças. Mas eles podem dizer que contribuem para a manutenção da saúde e bem-estar.

As pessoas usam os ingredientes ativos em produtos naturais para a saúde há milhares de anos para ajudar a saúde e tratar doenças. Às vezes, esses produtos naturais são a base para alguns dos medicamentos comuns de hoje. Por exemplo, as pessoas usam chá de casca de salgueiro há séculos para aliviar a febre. As empresas farmacêuticas finalmente identificaram o produto químico na casca de salgueiro que aliviou a febre e usaram esse conhecimento para produzir aspirina.

Para que são utilizados os produtos naturais de saúde?

As pessoas usam produtos naturais de saúde para muitas condições de saúde.

  • Historicamente, as pessoas usam medicamentos fitoterápicos para prevenir doenças, curar infecções, aliviar a febre e curar feridas. Os medicamentos fitoterápicos também podem tratar a constipação, aliviar a dor ou agir como relaxantes ou estimulantes. Pesquisas sobre algumas ervas e produtos vegetais mostraram que eles podem ter alguns dos mesmos efeitos que os medicamentos convencionais, enquanto outros podem não ter efeito ou ser prejudiciais.
  • Os pesquisadores estudaram alguns produtos naturais e os consideraram úteis. Os ácidos graxos ômega-3, por exemplo, podem ajudar a diminuir os níveis de triglicerídeos .

Os pesquisadores descobriram que alguns produtos naturais de saúde não ajudam a prevenir ou tratar certos problemas de saúde. Por exemplo, beta-caroteno e vitamina E não diminuem o risco de doença cardíaca ou ataque cardíaco.

Os produtos naturais de saúde são seguros?

Nem todas as ervas e outros produtos naturais para a saúde são seguros. Se você não tiver certeza sobre a segurança de um suplemento ou erva, converse com seu médico, farmacêutico ou nutricionista.

Informe sempre o seu médico se estiver usando um produto de saúde natural ou se estiver pensando em combinar um produto de saúde natural com seu tratamento médico convencional. Pode não ser seguro renunciar ao seu tratamento médico convencional e confiar apenas em um produto natural para a saúde. Isso é especialmente importante para mulheres grávidas ou amamentando.

Ao usar produtos naturais para a saúde, lembre-se do seguinte.

  • Procure produtos que tenham um número natural de produto (NPN) ou número de medicamento homeopático (DIN-HM) na etiqueta. Esses números informam que a Health Canada considera o produto seguro e útil se você seguir as instruções da embalagem.
  • Como os medicamentos convencionais, os produtos naturais para saúde podem causar efeitos colaterais, desencadear reações alérgicas ou interagir com medicamentos prescritos e não prescritos ou outros produtos naturais que você possa estar tomando. Um efeito colateral ou interação com outro medicamento ou suplemento pode piorar outras condições de saúde.
  • A maneira como os produtos naturais de saúde são fabricados pode não ser padronizada. Por esse motivo, o quão bem eles funcionam ou quaisquer efeitos colaterais que causam podem diferir entre as marcas ou mesmo dentro de lotes diferentes da mesma marca. A forma de suplemento que você compra em alimentos naturais ou supermercados pode não ser a mesma usada na pesquisa.
  • Além de vitaminas e minerais, os efeitos a longo prazo da maioria dos produtos naturais para a saúde não são conhecidos.

10 produtos naturais que tornarão sua vida mais saudável

Novo para a saúde natural? Você veio ao lugar certo! Esteja você tentando melhorar sua dieta, limpar sua rotina de cuidados pessoais ou “esverdear” a maneira como cuida de sua casa, fazer algumas mudanças simples pode levá-lo ao caminho certo para uma vida mais saudável. Certifique-se de estocar sua despensa e prateleiras com estes 10 produtos naturais para uma transição fácil!

1. Multivitaminas

Embora comer uma dieta adequadamente equilibrada deva abastecer nosso corpo com todas as vitaminas e minerais essenciais de que precisamos, à medida que envelhecemos, nosso corpo tende a lutar com a digestão e a absorção de nutrientes. Tomar um multivitamínico diário demonstrou apoiar a absorção de minerais e também ajuda a preencher as lacunas que podemos ter em nossas dietas. 

MegaFood One Daily ™ |  Vitacost.com/blog

2. óleo de coco

Um dos melhores superalimentos lá fora, o óleo de coco mantém nosso corpo saudável por dentro e por fora! Sua combinação única de ácidos graxos promove a saúde, além de oferecer benefícios hidratantes intensos para a pele. Além disso, simplesmente tem um ótimo sabor!

Use o óleo de coco nas receitas ou adicione-o à sua rotina de cuidados com a pele. As possibilidades são infinitas!

Óleo de coco orgânico certificado pela Virgin Vitacost Extra |  Vitacost.com/blog

3. Açafrão 

Um pó super potente, açafrão é o tempero que dá ao curry sua adorável cor dourada. Ele contém compostos benéficos chamados  curcuminóides , que são antioxidantes que ajudam a apoiar a saúde das células. A cúrcuma é conhecida por apoiar muitas áreas da saúde, incluindo a saúde do cérebro e do fígado, além de oferecer suporte para uma resposta inflamatória saudável no corpo. 

Polvilhe esse tempero aromático na deliciosa culinária indiana , no café com leite ou íngreme como chá para aproveitar seus inúmeros benefícios à saúde. 

Raiz de açafrão em pó BareOrganics Raw |  Vitacost.com/blog

4. Creme dental natural

Creme dental natural é toda a raiva hoje em dia, e por boas razões! Limpa suavemente os dentes sem usar produtos químicos ou ingredientes agressivos.

Embora você não deva engolir pasta de dente, suas gengivas absorvem uma pequena quantidade, por isso é importante que a lista de ingredientes seja limpa e natural. Bicarbonato de sódio, hortelã-pimenta e outros óleos essenciais são ingredientes delicados que ajudarão a limpar os dentes, neutralizar ácidos e refrescar o hálito, naturalmente!

Pasta de dentes clareadora Jason PowerSmile® Pasta poderosa de hortelã-pimenta |  Vitacost.com/blog

5. Sabão / pó para a roupa

Ótimos para peles sensíveis e pulmões sensíveis, os detergentes naturais são perfeitos para pessoas que simplesmente não conseguem sentir o cheiro de roupas lavadas por causa de alergias ou outras sensibilidades. Esses detergentes não são apenas fáceis para a pele, mas também para a bacia hidrográfica local e para as suas roupas, tornando o sabão natural para roupas uma parte da saúde!

Sabão em pó de Charlie em pó |  Vitacost.com/blog

6. Probióticos da marca Garden of Life

Qualquer que seja o complemento, Garden of Life é uma marca em que você pode confiar. Eles fabricam produtos alimentícios limpos, orgânicos e não OGM, certificados e com os quais você pode se sentir bem! Suas fórmulas probióticas, como Ultimate Care, apresentam o Replenish Blend estudado clinicamente para ajudar a restaurar os níveis de boas bactérias em seu intestino.  A linha RAW garante que os probióticos sejam não cozidos, não tratados, não adulterados e sem transportadores, aglutinantes ou cargas.

Jardim da Vida RAW Probiotics ™ Ultimate Care |  Vitacost.com/blog

7. Farinha de amêndoa

Com todas as sensibilidades ao glúten disponíveis, um ótimo e delicioso substituto para a farinha de grãos é a farinha de amêndoa. Rica em proteínas, rica em magnésio e vitamina E, mas pobre em carboidratos, a farinha de amêndoa tem um sabor sutil, doce e uma textura densa, que darão ao seu cozimento um sabor único e delicioso.

A farinha de amêndoa pode ser substituída 1: 1 por farinha regular. Lembre-se de que, devido à falta de glúten, os assados ​​geralmente ficam mais densos e lisos. 

Farinha de amêndoa super fina de Bob's Red Mill |  Vitacost.com/blog

8. Colágeno em pó

O colágeno é a proteína mais abundante no corpo humano e ajuda a promover a elasticidade da pele, além de ossos, articulações, tendões e força muscular. O corpo produz naturalmente colágeno , mas você pode tomar suplementos para ajudar a aumentar seus níveis, pois a idade tende a retardar a produção desta importante proteína.

Caldo de osso e gelatina (a forma cozida de colágeno) são outras ótimas maneiras de incluir colágeno em sua dieta!

Youtheory Collagen Advanced Formula Types 1 2 e 3 |  Vitacost.com/blog

9. Shampoo natural

O cabelo costuma ser esquecido quando se concentra na saúde, mas o xampu afeta o couro cabeludo, que faz parte da pele e absorve o que colocamos nele. Os xampus naturais são ótimos, porque retiram suavemente a sujeira e a sujeira, sem retirar os óleos naturais do cabelo e da pele. Isso significa que eles também são ótimos para peles sensíveis!

Não se preocupe se o seu xampu natural não se ensaboar muito bem. Muitos shampoos naturais deixam de fora o ‘elemento de espuma’, também conhecido como lauril sulfato de sódio, porque tende a retirar os óleos naturais dos cabelos.

Shampoo Acure Simply Smoothing Coco e Marula |  Vitaocst.com/blog

10. Mel cru

Direto da natureza, o mel cru é embalado (com cuidado, por aquelas maravilhosas pequenas abelhas) com antioxidantes. O mel é geralmente tratado termicamente (pasteurizado) para matar bactérias e outras impurezas que possam estar nele; infelizmente, esse processo também destrói muitos dos benefícios naturais para a saúde do mel.

O mel cru tem sido usado para ajudar a combater bactérias em feridas porque (curiosamente) possui propriedades anti-sépticas. O mel cru também ajuda a aliviar a dor de garganta, mas não é apenas para ajudar você a se sentir melhor! É um delicioso substituto natural do açúcar no cozimento e confere aos alimentos um sabor mais rico.

Mel de abelha pequenino naturalmente cru |  Vitacost.com/blog

 Estas declarações não foram aprovadas pela Food and Drug Administration. Estes produtos não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir doenças.

Sobre produtos naturais de saúde

A Diretoria de Produtos Naturais de Saúde (NHPD) mudou seu nome para Diretoria de Produtos Naturais e Sem Receita Médica (NNHPD), após seu mandato recentemente expandido de incluir a supervisão de medicamentos sem receita e desinfetantes, além de produtos naturais para saúde (NHPs) ) No momento, estamos modificando documentos para refletir essa alteração.

Obrigado pela sua paciência e compreensão.

O uso de produtos naturais para a saúde pode ser uma boa maneira de manter ou melhorar sua saúde. Mas apenas porque um produto é “natural”? não significa que é seguro para você usar.

O que são produtos naturais de saúde?

Os produtos naturais de saúde (NHPs) são substâncias naturais que são usadas para restaurar ou manter uma boa saúde. Eles são frequentemente feitos de plantas, mas também podem ser feitos de animais, microorganismos e fontes marinhas. Eles vêm em uma ampla variedade de formas, como comprimidos, cápsulas, tinturas, soluções, cremes, pomadas e gotas.

Os produtos naturais para a saúde, geralmente chamados de medicamentos “complementares” ou “alternativos”, incluem:

  • vitaminas e minerais
  • remédios herbais
  • medicamentos homeopáticos
  • medicamentos tradicionais, como medicamentos tradicionais chineses e ayurvédicos (índios orientais)
  • probióticos
  • outros produtos como aminoácidos e ácidos graxos essenciais

Muitos produtos de consumo diários, como certos cremes dentais, antitranspirantes, xampus, produtos faciais e enxaguatórios bucais também são classificados como produtos naturais para a saúde no Canadá.

Fato rápido: 71% dos canadenses usaram produtos naturais para a saúde, como vitaminas e minerais, produtos à base de plantas e medicamentos homeopáticos.

Os NHPs são usados ​​e comercializados por vários motivos de saúde, como prevenção ou tratamento de uma doença ou condição, redução de riscos à saúde ou manutenção da boa saúde. Eles devem ser seguros para serem usados ​​como produtos vendidos sem receita. Os produtos que precisam de receita médica são regulamentados como medicamentos.

Existem riscos no uso de produtos naturais para a saúde?

Embora os produtos naturais para a saúde sejam geralmente seguros e tenham menos efeitos colaterais que os medicamentos, eles não são isentos de riscos. Os riscos incluem:

  • problemas de fabricação (como contaminação, ingredientes incorretos ou dosagem)
  • reivindicações não comprovadas, que podem levar as pessoas a usar os produtos errados para condições graves ou atrasar o tratamento adequado
  • informações insuficientes para as pessoas fazerem uma escolha informada (como instruções incorretas ou nenhum aviso de que um produto pode não ser adequado para determinados grupos)
  • interação com medicamentos prescritos ou outros produtos naturais para a saúde
  • efeitos colaterais indesejados, como reações alérgicas

Fato rápido: 12% dos canadenses que usam produtos naturais de saúde relatam ter experimentado efeitos colaterais indesejados (reações adversas).

A Health Canada respondeu às preocupações dos canadenses sobre esses riscos criando os Regulamentos sobre produtos naturais de saúde em 2004.

Como posso usar produtos naturais de saúde com segurança?

Siga estas etapas para minimizar seu risco:

  • Converse com um profissional de saúde como um médico, farmacêutico ou naturopata antes de escolher um produto. Isso é especialmente importante para crianças, mulheres grávidas ou amamentando, idosos e pessoas com condições médicas graves.
  • Para evitar interações, verifique se o seu médico sabe quais outros medicamentos e produtos naturais de saúde você está usando.
  • Use produtos aprovados. Procure números NPN / DIN-HM que identifiquem produtos licenciados .
  • Seja cético em relação a alegações relacionadas à saúde que parecem boas demais para ser verdade. Não confie nos anúncios: faça sua própria pesquisa e converse com seu médico.
  • Leia e siga todas as instruções no rótulo do produto.
  • Relate efeitos colaterais indesejados (reações adversas) ao seu médico e à Health Canada.

Como sei se um produto foi autorizado?

Para serem licenciados no Canadá, os produtos de saúde natural devem ser seguros, eficazes, de alta qualidade e levar informações detalhadas dos rótulos para permitir que as pessoas façam escolhas seguras e informadas.

Você pode identificar produtos que foram licenciados para venda no Canadá, procurando o número natural de produto (NPN) de oito dígitos ou o número de medicamento homeopático (DIN-HM) na etiqueta.

Um NPN ou DIN-HM significa que o produto foi autorizado para venda no Canadá e é seguro e eficaz quando usado de acordo com as instruções na etiqueta.

Você pode procurar produtos de saúde naturais licenciados usando o Banco de Dados de Produtos de Saúde Natural Licenciado da Health Canada .

Como relato efeitos colaterais indesejados?

Você deve relatar efeitos colaterais indesejados (reações adversas) ao seu médico e à Health Canada. Para relatar um efeito colateral agora, consulte Relatório de reação adversa .

Relatar efeitos colaterais é importante porque ajuda a Health Canada a identificar reações adversas raras ou graves, fazer alterações nas informações de segurança do produto, emitir avisos e avisos públicos e / ou remover produtos não seguros do mercado canadense.

Fato rápido: apenas 41% dos canadenses que experimentaram efeitos colaterais indesejados (reações adversas) a produtos naturais de saúde os relataram.

O que a Health Canada está fazendo para me proteger?

A Health Canada garante que todos os canadenses tenham acesso imediato a uma ampla gama de produtos naturais para a saúde que são seguros, eficazes e de alta qualidade.

Avaliamos todos os produtos naturais para a saúde antes de deixá-los vendidos no Canadá. Também garantimos que eles são fabricados adequadamente (sem contaminação ou ingredientes incorretos). E fazemos monitoramento pós-mercado para garantir que os regulamentos do NHP estejam sendo seguidos.